A solenidade de abertura do XI Encontro Nacional de História da Mídia, que aconteceu no Auditório Ruy Barbosa da Universidade Presbiteriana Mackenzie, contou com a apresentação da Orquestra de Câmara da Mackenzie. Logo após a apresentação cultural os representantes da organização local e a presidente da Alcar deram  boas vindas aos congressistas e enfatizaram a importância de se debater, na atual conjuntura, as manipulações midiáticas em uma perspectiva histórica, tema central do evento.

A Prof. Ana Regina Rêgo, presidente da Alcar, destacou em sua fala o sucesso da parceria da Alcar com a Mackenzie. O trabalho conjunto das duas instituições permitiu a preparação de um evento com três dias de programação intensa, com diversas mesas redondas para além da apresentação de mais de 300 trabalhos.

A abertura oficial do evento contou, ainda, com a conferência de Peter Bruke, o momento mais aguardado da noite. O historiador inglês, professor emérito da Universidade de Cambrige, apresentou em sua fala diversas passagens históricas em que governantes ou instituições manipularam os suportes comunicacionais, que tinham a sua disposição, para repassar um discurso que convinha a seus interesses.  A partir dos exemplos históricos o conferencista debateu a realidade dos meios de comunicação na atualidade e questões como o conceito de pós-verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *