PRÊMIO JOSÉ MARQUES DE MELO

REGULAMENTO GERAL

 

Da definição e dos objetivos

 Artigo 1. – O Prêmio José Marques de Melo de Estímulo à Memória da Mídia, criado em 2010, é uma exposição de trabalhos científicos em nível de graduação e um concurso cultural vinculado ao Encontro Nacional de Pesquisadores de História da Mídia (Alcar), evento que ocorre a cada dois anos no Brasil, com o patrocínio da Globo Universidade e apoio da Editora Summus. 

§1º – Esta ação leva o nome do professor José Marques de Melo, um expoente internacional em estudos da memória da Mídia brasileira bem como idealizador da Rede Alfredo de Carvalho (Alcar), organismo que deu origem aos Encontros Nacionais.

§2º – Entende-se por graduação exclusivamente os cursos de bacharelado e licenciatura, sendo vedada a participação de trabalhos oriundos de cursos de curta duração, sequenciais, de formação de tecnólogos e assemelhados.

 

Artigo 2º – O Prêmio almeja principalmente fomentar o desenvolvimento de projetos científicos, no âmbito dos cursos de graduação, que tenham ligações com a memória dos Meios de Comunicação no País, assim como eventuais relações com outros campos do conhecimento, como História, Letras, Educação, etc.

 

Da modalidade

 

 Artigo 3º – As modalidades do Prêmio são:

 I – Pesquisa em nível de graduação, para estudos de Iniciação Científica (IC), Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) e/ou ações desenvolvidas em disciplinas isoladas, sempre com a orientação de um professor. Os trabalhos devem ter sido finalizados até 31 de dezembro do ano anterior ao de realização do prêmio. Já o prazo máximo para a submissão de textos ao Prêmio é, automaticamente, o mesmo que para o envio de trabalhos aos GTs do Congresso da Alcar daquele ano.

 

 Das inscrições

Artigo 4º – Concorrerão automaticamente trabalhos que tenham sido selecionados para um dos GTs do Encontro Nacional: História do Jornalismo, História da Publicidade e da Comunicação Institucional, História da Mídia Digital, História da Mídia Impressa, História da Mídia Sonora,  História das Mídias Audiovisuais, História da Mídia Visual, História da Mídia Alternativa e Historiografia da Mídia. 

§1º – Os graduandos que submeterem trabalhos vinculados a programas de Iniciação Científica deverão enviar, no ato da inscrição para o Encontro, documento comprobatório de tal condição, expedido pela instituição em que estuda, no qual conste o nome do projeto e do orientador.

§2º – Já os artigos resultantes de pesquisas de TCC e/ou de trabalhos realizados em disciplinas devem enviar, no ato da inscrição, declaração do professor da disciplina em que o material foi desenvolvido ou, no caso dos trabalhos de conclusão de curso (TCC), uma declaração do coordenador de TCC ou do coordenador de curso de que se trata de um artigo em versão final.

§3º – Todos os trabalhos inscritos no Encontro e que desejem concorrer ao Prêmio deverão acrescentar, junto ao título do trabalho, uma nota de rodapé e esta deve conter a informação “Trabalho Concorrente ao Prêmio José Marques de Melo de Estímulo à Memória da Mídia” mais o ano em questão.

§4º – Serão automaticamente desclassificados os trabalhos que apenas apresentarem o nome do aluno concorrente. Como autores devem constar aluno e professor-orientador.

§5º – Os artigos que forem concorrer ao Prêmio devem ser submetidos ao evento daquele ano, conforme as normas dos organizadores locais. Porém, devem, ainda, ser enviado ao coordenador do Prêmio através do e-mail premiojosemarquesdemelo@gmail.com

 

Da Seleção e do Julgamento

Artigo 5º – O processo de escolha dos vencedores ocorrerá em duas etapas. Primeiramente, cada coordenador de GT seleciona e indica os dois melhores trabalhos/artigos aptos a participar do Prêmio de seu Grupo de Trabalho. Em seguida, os 18 trabalhados indicados pelos coordenadores de GTs serão avaliados pelos membros da Diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia (Alcar). A avaliação deverá levar em consideração a contribuição da pesquisa para a História da Mídia do tempo passado e/ou do tempo presente, o conteúdo do trabalho, sua pertinência para os estudos da Comunicação e sua fundamentação.

§1º – Não poderão ser indicados para o Prêmio trabalhos que tenham sido orientados ou coorientados por coordenadores dos GTs, membros da Diretoria da Alcar, coordenador do Prêmio José Marques de Melo de Estímulo à Memória da Mídia, coordenadores locais do evento nacional da Alcar ou participantes da equipe do Globo Universidade.

§2º – Serão desclassificados automaticamente os trabalhos que não forem apresentados no GT ou que forem apresentados pelos professores-orientadores.

 

Da Premiação

Artigo 6º – O resultado será divulgado durante a Plenária Final do Encontro Nacional da Alcar. Recebem certificado todos os 18 finalistas. Os trabalhos classificados em terceiro e segundo lugares receberão da Globo Universidade um kit com livros e/ou DVDs por ela editados/produzido. Já o primeiro colocado ganhará uma viagem ao Rio de Janeiro, para conhecer a Central Globo de Produção (CGP/Projac)  e participará na edição 2017, do Seminário Globo Intercom com despesas já pagas com deslocamento aéreo ou rodoviário, alimentação e hospedagem.

 

Das Disposições Gerais

Artigo 7º – Eventuais casos omissos serão resolvidos pela Diretoria da entidade, ouvidos o(s) coordenador(es) de GT(s), quando for o caso. As decisões são irrecorríveis.

 

Coordenação do Prêmio José Marques de Melo: Vinicius Ferreira – UFRJ